Vida de Artesão

VIDA DE ARTESÃO

Nós estamos vivendo tempos, em que a vida nos mostra o quanto as escolhas são necessárias, de uma forma muito incisiva e efetiva…

Pra muita gente só restou a opção de se reinventar, buscando novas oportunidades… Outras só conseguiram ficar paradas, anestesiadas, por não saber por onde começar a caminhar. É um questionamento constante!… A vida nos coloca na posição de renovação, exigindo novos olhares e novas formas de adaptação.

E dentro de cada pessoa, uma semente se desperta em busca da luz… num caminho frágil, se mostra aos poucos, ao sol, e com isso vai tomando força, rompendo barreiras, formando novas raízes, espalhando pequenos galhos e formando um arvoredo no alvorecer…

Muitos talentos se revelam… muitas estradas se inauguram na vida de cada um. Uma nova opção para construir a própria vida…

Mas o que mais aparece, nessa ocasião é a figura do artesão, aquele que tem o poder e a força de transformar a própria vida, com suas ideias… com suas mãos… com seus sonhos… espalhando por todos os lados cores, formas e soluções!

O Artesão é o retrato do renascimento… aprende sempre com o passo-a-passo, com o dia-a-dia, degrau por degrau… É uma conquista constante e lenta… mas, maravilhosamente restauradora.

Ao Artesão, não é dada a coroa de louros pelo esforço e empenho de sua jornada… é visível sua luta pelo merecimento de uma qualificação financeira mais adequada ao seu trabalho. Mesmo assim, ele não desiste, continua com fé inabalável a acreditar que pode aprender a desenvolver uma nova técnica… um novo modelo… uma nova finalidade! Insistem sempre e ensinam aos que os cercam, que é preciso encontrar o próprio caminho… é preciso buscar trabalhos auto sustentáveis… é preciso aprender a caminhar sem medo para uma autonomia saudável.

Se o Artesão soubesse um pouco mais sobre a finalidade de sua “Arte” porque não? Perceberia que tem em suas mãos um pote de ouro… que criam valor na sucata … nos rejeitos que ninguém mais quer… colocam beleza no inexpressivo… colocam interesse em peças e artigos, antes ignorados…

Agora estamos entrando em uma nova época, em que a informática avança à passos largos para o futuro… muitos “empregos” se perderão em si mesmos… mas o poder de imaginação e a garra do Artesão não poderá ser substituído… e jamais será ignorado!

Maria A. Izidoro

São Caetano do Sul, 21.06.2021

 

Maria A. Izidoro
Maria A. Izidoro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *